Melhores Lugares para Conhecer na ToscanaMelhores Lugares para Conhecer na Toscana

A Toscana é considerada o berço do Renascimento italiano, um movimento cultural que mudou a arte e a ciência em toda a Europa. Grandes nomes como Leonardo da Vinci e Michelangelo vêm dessa região. Além disso, é possível encontrar nessa região Patrimônios Mundiais da UNESCO, vinhos famosos, uma culinária única, paisagens incríveis e termas naturais. Nesse post falaremos dos lugares que recomendamos visitar na Toscana com base na nossa experiência, dicas importantes como principais atrações para conhecer, pratos e vinhos tipicos de cada lugar.

Bebendo Vinho em Siena na Toscana
Bebendo Vinho em Siena na Toscana

Onde Fica a Toscana?

A Toscana está localizada na parte central da Itália, fazendo fronteira com as regiões de Lazio ao sul, Umbria ao leste, Emilia-Romagna e Ligúria ao norte, e o Mar Tirreno a oeste.

Viajar pela Toscana é mergulhar em séculos de história, arte e tradições que continuam vivas até hoje. Cada cidade e vila tem seu próprio charme, tornando a Toscana um destino inesquecível.

Qual a melhor época para visitar a Toscana?

A melhor época para visitar a Toscana depende do que você está procurando em sua viagem. No entanto, a primavera (abril a junho) e o outono (setembro a outubro) na nossa opinião são as melhores periodos.

Durante essas épocas, o clima é geralmente ameno, com temperaturas agradáveis e menos multidões do que durante os meses de verão, quando a região pode ficar bastante lotada. A paisagem da Toscana é maravilhosa em qualquer época do ano, mas na primavera, você pode ver os campos cobertos de flores, enquanto no outono, as vinhas estão cheias de cores vibrantes e é a época de vindima*. No entanto, se você estiver interessado em festivais e eventos culturais, o verão pode ser a melhor escolha, já que é quando muitas cidades e vilarejos da Toscana realizam festas tradicionais e eventos ao ar livre.

*A vindima é o período em que as uvas são colhidas das vinhas para a produção de vinho. É uma época animada e crucial para a indústria vinícola da região, com muitas vinícolas organizando eventos especiais, como festas da vindima, passeios pelas vinhas e degustações de vinhos frescos. Se você estiver interessado em participar da vindima na Toscana, é uma boa ideia entrar em contato com as vinícolas com antecedência para saber os detalhes específicos das atividades que estão planejando durante esse período.

Como chegar a Toscana

De Carro:

Viajar de carro te dá liberdade para explorar a Toscana no seu próprio ritmo. Se você está vindo de outra parte da Itália, como Roma ou Milão, você pode pegar as autoestradas A1 ou E35. As estradas são bem sinalizadas e oferecem vistas do campo italiano. Lembre-se de que algumas áreas, como o centro de Florença, têm restrições de tráfego.

Nós fomos de trem de Milão até Florença, aproveitamos a cidade sem carro, depois alugamos um carro em Florença para fazer toda Toscana, na nossa opinião é a melhor forma de explorar a região, porque da mais flexibidade.

Abaixo deixamos o Link do site que usamos para alugar carros aqui na Itália.

🚗 Link Rent Cars

De Trem:

Os trens na Itália são eficientes e oferecem rotas diretas para várias cidades da Toscana, incluindo Florença, Pisa e Siena. Você pode pegar um trem de alta velocidade (Frecciarossa ou Italo) se estiver partindo de grandes cidades. Para viagens mais curtas, os trens regionais são uma boa opção e permitem que você veja a paisagem passando lentamente.

Estação de Trem de Milão
Estação de Trem de Milão

De Ônibus:

Os ônibus são uma alternativa econômica e podem ser uma boa escolha se você estiver viajando de cidades próximas ou dentro da própria Toscana. Empresas como a SITA oferecem rotas que ligam as principais cidades e vilarejos, embora possam levar mais tempo do que o trem ou carro. O lado negativo dessa opção é que perde bastante tempo.

Lembre-se de verificar os horários e comprar seus bilhetes com antecedência, especialmente durante a alta temporada turística!

Melhores Lugares para Visitar na Toscana

Florença
Pisa
Lucca
Greve in Chianti
Montefioralle
San Gimignano
Montirrigione
Siena
Montalcino
Montepulciano
Val D’orcia
Civita di Bagnoregio
Saturnia
Pitigliano
Arezzo


Florença

Florença é a encantadora capital da Toscana, Itália, famosa por sua história, arte e arquitetura. Berço do Renascimento, suas ruas e praças são repletas de cultura.

Fundada em 59 a.C., Florença foi um relevante centro comercial na Idade Média. A influente família Medici financiou inovações artísticas e atraiu gênios como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Dante e Galileo.

Vista panorâmica da Cidade de Florença.
Vista panorâmica da Cidade de Florença.

Principais Atrações:

  • Catedral de Santa Maria del Fiore (Duomo): Destaque pela cúpula de Brunelleschi, é um marco da engenharia e arquitetura do Renascimento. Sua fachada de mármore multicolorido é deslumbrante, e o interior grandioso. A subida à cúpula oferece vistas da cidade de Florença.
  • Galeria Uffizi: É um dos museus mais famosos do mundo, abrigando uma coleção de arte renascentista. Obras-primas de Botticelli, como “O Nascimento de Vênus” e “A Primavera”, além de pinturas de Leonardo da Vinci, Michelangelo e Rafael, fazem deste museu uma visita obrigatória para os amantes da arte.
  • Ponte Vecchio: É a ponte mais antiga de Florença, conhecida por suas joalherias que se alinham ao longo de ambos os lados. Esta ponte medieval, que atravessa o rio Arno, é um dos pontos mais turisticos da cidade, oferecendo vistas lindas, especialmente ao pôr do sol.
  • Palácio Pitti: Residência da poderosa família Medici, é um vasto complexo que abriga vários museus, incluindo a Galeria Palatina, repleta de obras de Rafael e Ticiano. Atrás do palácio, os Jardins de Boboli são um exemplo esplêndido de jardins renascentistas, com fontes, estátuas e vistas panorâmicas de Florença.
  • Basílica de Santa Croce: É a maior igreja franciscana do mundo e o local de descanso final de muitos italianos ilustres, incluindo Michelangelo, Galileo Galilei e Machiavelli. A igreja é também um tesouro de arte, com afrescos de Giotto e uma linda fachada neogótica.

Pratos típicos:

Experimente a “bistecca alla fiorentina”, um suculento bife de T-bone, e o “ribollita”, uma sopa rica feita com pão e vegetais.

Vinho Típico:

O Chianti Classico, com seu sabor robusto, é o vinho que simboliza Florença e sua região.

Dica de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Florença: Pontevecchio Relais e c-hotels Joy

Ponte Vecchio em Florença
Ponte Vecchio em Florença

Pisa

Conhecida principalmente pela sua incrível Torre de Pisa. Essa torre é famosa porque ela inclina para o lado, e muitos turistas gostam de tirar fotos fingindo segurá-la ou empurrá-la. Além da torre, Pisa tem uma história rica e é cheia de arte. A cidade também abriga a Universidade de Pisa, uma das mais antigas universidades da Itália, fundada em 1343.

Torre de Pisa e Catedral de Pisa
Torre de Pisa e Catedral de Pisa

Principais Atrações:

  • Torre de Pisa: É o ícone da cidade, situada na Piazza dei Miracoli. Começou a inclinar-se no século XII por causa do solo instável e, apesar das tentativas de retificação, segue inclinada. Escalar seus 294 degraus até o topo proporciona uma vista panorâmica de Pisa.
  • Catedral de Pisa (Duomo di Pisa): Junto à Torre Inclinada está a esplêndida Catedral de Pisa, construída nos séculos XI e XII em estilo românico. Seu interior ostenta mosaicos e arte magnífica, além de uma nave com teto de madeira decorado, refletindo o poder medieval de Pisa.
  • Batistério de Pisa: Localizado na Piazza dei Miracoli, o Batistério de Pisa é o maior da Itália. Iniciado em 1152, mistura estilos românico e gótico. É conhecido pela acústica excelente, evidenciada pelos guias. Destacam-se a fonte batismal hexagonal e as esculturas detalhadas.

Pratos típicos:

Experimente o “cecina”, uma torta salgada feita de farinha de grão-de-bico, e o “spaghetti alle vongole”, espaguete com amêijoas.

Vinho Típico:

Um copo de Vermentino, um vinho branco aromático, vai bem com os frutos do mar.

Dica:

Recomendamos que se hospede em Florença e faça um bate e volta para Pisa. Se estiver de carro é bem tranquilo de chegar usando Google Maps, mas se não estiver de carro há vários passeios saindo de Florença, abaixo algumas sugestões.

👉 Link do passeio Tour para Pisa saindo de Florença


Lucca

É uma cidade italiana que exala história, cultura e beleza. Conhecida por suas muralhas renascentistas bem preservadas, esta cidade oferece uma experiência autêntica e menos tumultuada comparada às vizinhas mais famosas, como Florença e Pisa.

Cidade de Lucca
Cidade de Lucca

Principais Atrações:

  • Muralhas de Lucca: Essas antigas muralhas são um símbolo da cidade e um ótimo lugar para caminhar ou andar de bicicleta, oferecendo vistas lindas.
  • Torre Guinigi: É um símbolo de Lucca, notável pelo jardim suspenso com carvalhos no topo. Subir os 230 degraus vale pela vista de Lucca e das colinas toscanas. Uma mistura única de arquitetura medieval e natureza.
  • Piazza dell’Anfiteatro: Esta praça foi construída sobre as ruínas de um anfiteatro romano e hoje é cercada por restaurantes e lojas.
  • Catedral de San Martino: É a catedral principal de Lucca e tem uma fachada linda. Dentro, você encontrará obras de arte e uma atmosfera de paz.
  • O Palazzo Pfanner: É um magnífico palácio barroco do século 17. Destacam-se seus jardins com estátuas, fontes e vegetação densa. Seu interior, acessível ao público, mostra móveis antigos e arte. Ideal para uma tarde tranquila, evocando a opulência aristocrática passada.

Pratos típicos:

A “torta di erbi”, uma torta recheada com verduras, e o “buccellato”, um anel de pão doce, são especialidades locais.

Vinho Típico:

Para acompanhar, escolha um Colline Lucchesi, vinho da região que pode ser tanto branco quanto tinto.

Dica:

Recomendamos que se hospede em Florença e faça um bate e volta para Lucca, você pode casar esse passeio com Pisa. Se estiver de carro é bem tranquilo de chegar, porém nós tivemos bastante dificulade para estacionar em Lucca.

👉 Link do passeio Tour para Lucca saindo de Florença


Greve in Chianti

É o coração vinícola da Toscana, cercada por colinas e vinhedos que criam uma paisagem de cartão-postal.

Tour pelas Vinícolas de Greve in Chianti
Tour pelas Vinícolas de Greve in Chianti

Principais Atrações:

  • Piazza Matteotti: A praça triangular é o ponto central de Greve in Chianti, cercada por edifícios históricos e cheia de cafés, restaurantes e lojas que oferecem produtos típicos como azeite e queijos. Aos sábados, ganha vida com um mercado ao ar livre de produtos frescos e artesanais locais.
  • Museo del Vino: Para os amantes do vinho, este museu apresenta a história e produção do vinho em Chianti com exposições interativas e coleção de ferramentas de viticultura.
  • Castello di Verrazzano: Vinhedo histórico desde o século VII, o castelo realiza tours pelos vinhedos e adegas, ensinando sobre a vinificação. As visitas incluem degustação de vinhos com queijos e embutidos locais.
  • Vinícolas: Numerosas vinícolas que oferecem degustações e tours. Abaixo um post com algumas vinícolas que conhecemos na região e recomendamos.
  • Antica Macelleria Falorni: É um dos mais antigos e famosos açougues da Itália. Fundado em 1806, tem uma longa história de produção de carnes e embutidos de alta qualidade. A loja fica na Praça Principal de Greve in Chianti.
  • Para mais detalhes, leia O que fazer em Greve in Chianti

Pratos típicos:

Experimente especialidades como a “ribollita” (uma sopa rústica), “pappa al pomodoro” (sopa de tomate e pão) e a famosa “bistecca alla fiorentina” (bife à moda de Florença).

Vinho Típico:

O Chianti Classico, famoso no mundo todo, é o vinho que você precisa provar aqui.

Dica de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Greve in Chiant: Foresteria Castello di Verrazzano


Montefioralle

É uma pequena aldeia medieval que mantém intacta sua atmosfera histórica, com vistas deslumbrantes das colinas toscanas.

Montefioralle
Montefioralle

Principais Atrações:

  • Castelo de Montefioralle: Castelo medieval do século X, coração histórico da vila. Explore as muralhas e visualize a vida medieval, com vistas dos vinhedos e olivais.
  • Igreja de Santo Stefano: Situada no centro da vila, essa Igreja medieval do século XIII contém afrescos e arte sacra, proporcionando uma pausa tranquila para reflexão.
  • Vilas Medievais: Encantadoras ruas de pedra e vistas panorâmicas sobre os vinhedos.
  • Vinícolas Locais: Montefioralle está localizada na região do Chianti, sendo essencial visitar as vinícolas locais. Não perca as degustações de vinhos, onde pode saborear o famoso Chianti Classico e conhecer o processo de produção de vinhos. As vinícolas muitas vezes oferecem tours guiados para uma experiência completa.
  • Evento I vini nel Castello: O evento é realizado todos os anos em maio. É um fim de semana dedicado à descoberta dos sabores da região do Chianti, nos estandes dos produtores locais você pode degustar vinhos, azeites e produtos tipicos da região. Pagamos somente 15 Euros na taça de vinho vazia com o logo do Evento, com a taça pudemos degustar até 15 diferentes tipos de vinhos, nos amamos esse passeio.

Pratos típicos:

Prove o “pappardelle al cinghiale”, massa larga servida com molho de javali e Crostini Toscani.

Vinho Típico:

Aqui também se produz o Chianti Clássico, então aproveite para degustar mais variações deste vinho.

Dica de Hospedagem:

Recomendamos que fique hospedado em Greve in Chianti.

🏨 Link da Hospedagem em Greve in Chiant: Foresteria Castello di Verrazzano


San Gimignano

É famosa por suas torres medievais e ambiente que remete aos visitantes à Idade Média. Possui história, arquitetura preservada e vinhos renomados. Durante seu auge medieval, 72 torres foram construídas por famílias ricas, das quais 14 permanecem, valendo-lhe o apelido de “Manhattan da Idade Média”. Em 1990, foi nomeado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Torres medievais de San Gimignano
Torres medievais de San Gimignano

Principais Atrações:

  • Piazza della Cisterna: Esta praça triangular, é ideal para iniciar a exploração da cidade. Rodeada por casas e torres medievais, leva o nome do poço central. Oferece um ambiente relaxante para saborear um gelato e sentir o pulsar da cidade.
  • Torre Grossa: Com seus impressionantes 54 metros e datada de 1311, é um marco em San Gimignano. Escalar a torre garante vistas panorâmicas incríveis da cidade e do campo toscano, sendo um momento imperdível para apreciar a beleza única do local.
  • Duomo di San Gimignano (Collegiata): É notável pelos seus afrescos que ilustram narrativas bíblicas e hagiográficas. Erguida no século XII, destaca-se pelo estilo românico. As obras de Bartolo di Fredi e Domenico Ghirlandaio são destaque, cativando pela vivacidade e riqueza de detalhes.
  • Museo del Vino Vernaccia: San Gimignano é famosa pelo seu Vernaccia, um vinho branco. O museu, situado na Rocca di Montestaffoli, proporciona uma jornada educativa e sensorial pela produção vinícola. Lá, os visitantes degustam Vernaccia, conhecem o processo de produção e a história do vinho, com vistas dos vinhedos.
  • Fazer compras nas lojas locais: Há uma grande variedade de lojas de chocolates, artesanatos, produtos locais como queijos e salames, reserve um tempo para caminhar pelas lojinhas e comprar algumas lembrancinhas. Nós compramos um salame trufato que amamos, foi o melhor que provamos na Italia, valeu muito a pena.

Pratos típicos:

“wild boar” (javali selvagem) e Panzanella.

Vinho Típico:

O Vernaccia di San Gimignano é o vinho estrela da cidade, reconhecido internacionalmente.

Dica:

Se esta sem carro, recomendamos que fique hospedado em Florença ou Siena, há varios passeios bate e volta saindo dessas cidades.

👉 Link do passeio Tour de 1 dia para San Gimignano


Montirrigione

É uma fortaleza bem preservada que parece ter saído diretamente de um livro de história, com suas torres e muralhas medievais.

Muralhas de Montirrigione
Muralhas de Montirrigione

Principais Atrações:

  • Muralhas de Montirrigione: Erguidas entre 1213 e 1219, representam o ponto alto da cidade. Além de simbolizar a história militar local, proporcionam aos visitantes passeios com vistas espetaculares da Toscana.
  • Porta Franca (Porta Romea): Principal entrada de San Montirrigione, é um ótimo ponto inicial para visitas. Sua estrutura de pedra lembra a importância histórica da cidade. Ao passar pela porta, os visitantes mergulham na essência medieval do local.
  • Piazza Roma: Praça central de San Montirrigione, é cercada por edifícios antigos e é ideal para desfrutar da arquitetura e do ambiente. Há cafés e restaurantes locais que servem pratos toscanos.
  • Chiesa di Santa Maria Assunta: Esta igreja românica do século XIII, a Chiesa di Santa Maria Assunta na Piazza Roma, é imperdível. Seu interior encantador exibe afrescos e arte sacra, proporcionando um ambiente de paz e espiritualidade.
  • Museo Monteriggioni in Arme: É essencial para amantes de história. Dentro das muralhas da cidade, o espaço revela a história militar de San Montirrigione através de armas, armaduras e artefatos da época medieval.

Pratos típicos:

Delicie-se com “torta di ceci”, uma espécie de torta salgada feita com grão-de-bico.

Vinho Típico:

Vernaccia di San Gimignano.


Siena

A cidade encanta com sua aparência medieval e legado histórico, a cidade é um pouco maior que as suas vizinhas, tem mais estrutura e muita vezes serve como local de hospedagem para os turistas que querem visitar a Toscana.

Piazza del Campo em Siena
Piazza del Campo em Siena

Principais Atrações:

  • Piazza del Campo: Destaca-se na Europa com sua forma de concha e o famoso Palio di Siena. É rodeada por palácios e o Palazzo Pubblico, sendo um local ideal para desfrutar da atmosfera da cidade com um gelato ou café nas cafeterias locais.
  • Duomo di Siena (Catedral de Siena): É um exemplar notável do gótico italiano. Destaca-se pela fachada em mármore tricolor e os interiores ornamentados, sendo considerada um tesouro artístico. Imperdível são o piso mosaico, a Biblioteca Piccolomini com seus afrescos e o Batistério, lar de importantes obras renascentistas.
  • Torre del Mangia: Com 88 metros de altura e construída de 1338 a 1348, oferece uma vista panorâmica da cidade e da Toscana. Apesar da subida íngreme, a paisagem do topo é deslumbrante, revelando os telhados terracota de Siena e os campos verdes ao redor.
  • Basilica di San Domenico: Do século XIII, é notável pelas relíquias de Santa Catarina e oferece um ambiente tranquilo para reflexão.
  • Pinacoteca Nazionale: É essencial para amantes da arte, com pinturas dos séculos XIII a XVII e destaques da Escola de Siena, incluindo Duccio di Buoninsegna e Simone Martini. Uma jornada pela arte sienense e sua influência artística.

Pratos típicos:

Prove o “panforte”, um bolo denso de frutas e nozes, e a “pici”, uma massa grossa semelhante ao espaguete.

Vinho Típico:

Chianti Colli Senesi e Brunello di Montalcino.

Dica de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Siena: Albergo Chiusarelli e Podere la Strega


Montalcino

É uma cidadezinha linda, conhecida mundialmente por seus vinhos excepcionais e sua fortaleza medieval. Famosa por seu vinho Brunello di Montalcino, esta pequena cidade medieval é um destino imperdível para os amantes de vinho, história e belas paisagens.

Vista da Cidade de Montalcino
Vista da Cidade de Montalcino

Principais Atrações:

  • Fortaleza de Montalcino: Erguida em 1361, é uma notável construção medieval com vistas panorâmicas da área. Há possibilidade de visitar torres e muralhas e provar vinhos na enoteca do local.
  • Museo Civico e Diocesano di Arte Sacra: Este museu abriga uma impressionante coleção de arte sacra, incluindo pinturas, esculturas e artefatos religiosos que datam do período medieval e renascentista.
  • Cattedrale del Santissimo Salvatore: Destaca-se por sua mistura de estilos gótico e renascentista típica da Toscana do século XIV. O interior proporciona uma atmosfera pacífica e reverente, com obras de arte, pinturas e esculturas de artistas renomados, além dos vitrais que iluminam as imagens sagradas.
  • Piazza del Popolo: Esta praça é o coração de Montalcino, com edifícios históricos e cafés. Ideal para relaxar e observar a vida local.
  • Vinícolas e Degustações de Brunello di Montalcino: Montalcino é famoso pelo Brunello, renomado vinho italiano. A região abriga várias vinícolas que realizam tours e degustações para uma experiência completa na cultura do vinho toscano.
  • Para mais detalhes leia O que fazer em Montalcino na Toscana

Pratos típicos:

Deguste pratos com trufas locais, o “agnello scottadito” costeletas de cordeiro grelhadas e “pici”, uma massa grossa e feita à mão típica da região.

Vinho Típico:

O Brunello di Montalcino é o orgulho da cidade, um vinho tinto encorpado e sofisticado.

Dica de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Montalcino: Si Montalcino Hotel


Montepulciano

É uma cidade renascentista situada no alto de uma colina, famosa por sua arquitetura, por suas vistas panorâmicas e pelo famoso vinho Nobile di Montepulciano.

Vista de Montepulciano
Vista de Montepulciano

Principais Atrações:

  • Piazza Grande: É o coração da cidade, com edifícios importantes como o Palazzo Comunale. A subida à torre do Palazzo proporciona uma vista incrível da cidade e da Toscana.
  • Duomo di Montepulciano (Catedral de Santa Maria Assunta): Situada na Piazza Grande, a Catedral destaca-se pela arquitetura renascentista. Seu interior possui arte valiosa como “Assunção da Virgem” de Taddeo di Bartolo, combinando simplicidade e grandiosidade.
  • Igreja de San Biagio: Fora do centro, é uma obra-prima renascentista de Antonio da Sangallo, o Velho. Com fachada de travertino dourado e interior sereno, oferece tranquilidade na paisagem toscana.
  • Torre di Pulcinella: Esta curiosa torre com um relógio mecânico é conhecida pela estátua de Pulcinella que marca as horas. Pulcinella, típico da commedia dell’arte italiana, dá um charme especial à Montepulciano e a torna um ótimo ponto para fotografias.
  • Vinícolas: Conhecida pelo Vino Nobile di Montepulciano, umas das vinícolas que gostamos muito é a Icario Winery, vinícola moderna, com bom atendimento e excelente vinhos.

Pratos típicos:

Experimente o “pici all’aglione”, uma massa caseira com molho de tomate e alho.

Vinho Típico:

O Vino Nobile di Montepulciano, elegante e aromático, é o vinho que você deve degustar aqui.

Dica de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Montepulciano: Podere Le Crete

Agriturismo Podere Le Crete, onde ficamos hospedados
Agriturismo Podere Le Crete, onde ficamos hospedados

Val D’Orcia

É uma região de beleza natural incomparável, com suas colinas onduladas e fazendas isoladas, patrimônio mundial da UNESCO.

Paisagens de Val D'Orcia
Paisagens de Val D’Orcia

Principais Atrações:

  • Paisagens: Passeios fotográficos. Patrimônio Mundial da UNESCO, famosa por suas colinas ondulantes.
  • Pienza: A”cidade ideal do Renascimento”, destaca-se pela arquitetura renascentista. Percorra suas ruas e praças, admire a Catedral de Pienza e deguste o queijo pecorino local.
  • Bagno Vignoni: Conhecida por suas termas termais naturais, esta vila única convida para um banho relaxante nas águas quentes de origem romana, cercado pela paisagem toscana.
  • San Quirico d’Orcia: Charmosa cidade medieval cercada de muralhas, com igrejas e palácios históricos. Confira a Collegiata de San Quirico e os jardins do Horto Leonino, um refúgio tranquilo no centro da cidade.

Pratos típicos:

Aprecie o “pecorino di Pienza” queijo local, Zuppa di Farro e a “panzanella” salada de pão toscano.

Vinho Típico:

Os vinhos da denominação Orcia DOC são excelentes para acompanhar a comida local.

Dica de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Val D’orcia: Relais Val D’orcia

Hospedagem Relais Val D’orcia
Hospedagem Relais Val D’orcia

Civita di Bagnoregio

Conhecida como “a cidade que está morrendo”, é uma maravilha geológica, situada no topo de uma colina e acessível apenas por uma ponte a pé.

Civita di Bagnoregio
Civita di Bagnoregio

Principais Atrações:

  • Ponte Pedonal: Atravessar a Ponte Pedonal é emocionante. Conhecida como “Ponte do Suspiro”, é a única via de acesso à cidade, oferecendo belas vistas da paisagem ao se aproximar.
  • Porta Santa Maria: Passando pela Ponte Pedonal, chega-se à Porta Santa Maria, a entrada medieval que leva ao coração histórico da cidade, remetendo aos tempos de cavaleiros e castelos.
  • Praça San Donato: Na Praça San Donato em Civita di Bagnoregio, aprecie os edifícios históricos e desfrute de um café italiano nos acolhedores cafés, mergulhando na atmosfera medieval.
  • Igreja de San Donato: A Igreja de San Donato, uma joia da arquitetura românica, se impõe na Praça San Donato. Consagrada ao padroeiro da cidade, seu exterior e interior são marcados por elementos artísticos, incluindo afrescos e arte sacra.
  • Passeios Pelas Ruas Estreitas: Explorar Civita di Bagnoregio envolve caminhar por suas ruas sinuosas, descobrindo lojas de artesanato e vistas do campo italiano.

Pratos típicos:

Delicie-se com pratos à base de legumes da estação e o “pollo sotto il mattone”, frango cozido sob um tijolo.

Vinho Típico:

Est!!! di Montefiascone.

Ponte Pedonal
Ponte Pedonal

Saturnia

As Termas são fontes termais naturais, famosas por suas águas ricas em minerais e suas propriedades curativas e relaxantes.

Cascate del Mulino em Saturnia
Cascate del Mulino em Saturnia

Principais Atrações:

  • Cascate del Mulino: Banhe-se nas piscinas termais ao ar livre e visite o Parco delle Cascate, onde a água quente forma cachoeiras e poços naturais.

Pratos típicos:

Após um banho relaxante, experimente o “acquacotta”, uma sopa rústica toscana.

Vinho Típico:

Relaxe com um copo de Morellino di Scansano, um vinho tinto local refrescante.


Pitigliano

É uma cidade construída sobre uma rocha vulcânica, conhecida por sua herança judaica e arquitetura dramática.

Pitigliano
Pitigliano

Principais Atrações:

  • Centro Histórico: Passeio pelo centro histórico, com suas ruas de paralelepípedos e a fusão do passado com o presente. Admire a arquitetura medieval e renascentista, incluindo a Fortaleza Orsini e a sinagoga, símbolos da herança judaica da cidade.
  • Catedral de Pitigliano: Dedicada a São Pedro e São Paulo. Aprecie os afrescos renascentistas e a arquitetura enquanto sente a atmosfera sagrada.

Pratos típicos:

Prove o “sfratto dei goym”, um doce de nozes e mel com origem na comunidade judaica.

Vinho Típico:

O Bianco di Pitigliano, um vinho branco seco, complementa perfeitamente a culinária local.


Arezzo

Uma cidade repleta de história e arte, é famosa pelo seu festival anual de música clássica chamado “Arezzo Wave”. Os amantes da boa mesa podem se deliciar com os “Acquacotta”, uma sopa rústica, e o “Chianina”, um tipo de carne bovina muito apreciada.

Piazza Grande em Arezzo
Piazza Grande em Arezzo

Principais Atrações:

  • A Piazza Grande: Com formato de anfiteatro e ladeada por edifícios renascentistas, é o ponto central da cidade. Turistas podem contemplar a arquitetura, frequentar cafés charmosos ou visitar o mercado de antiguidades mensal.
  • Catedral de Arezzo (Duomo): Uma obra-prima gótica, possui um interior repleto de arte sacra e afrescos de Piero della Francesca.
  • Basílica de São Francisco: É destaque pelo mármore branco e verde e pelos afrescos “Legenda da Verdadeira Cruz” de Piero della Francesca.
  • Museu Arqueológico Nacional: Este museu apresenta a história de Arezzo desde os etruscos até os romanos, com artefatos como cerâmicas, esculturas e joias.
  • Fortaleza Mediceia: Símbolo da influência dos Medici em Arezzo, oferece aos visitantes a chance de percorrer suas muralhas e torres, além de apreciar vistas panorâmicas da cidade e da Toscana.

Pratos típicos:

Desfrute de “anatra all’aretina”, pato assado à moda de Arezzo, e “cantucci”, biscoitos de amêndoa para mergulhar no vinho.

Vinho Típico:

O vinho Rosso di Arezzo, geralmente leve e frutado, é uma boa pedida.

Indicação de Hospedagem:

🏨 Link da Hospedagem em Arezzo: Hotel Minerva


Resumindo, a Toscana tem muitas opções, o roteiro vai depender do tempo que você tem para conhecer a região. Nós fomos algumas vezes e amamos todas elas, pretendemos voltar mais algumas vezes, principalmente porque há diversas vinícolas para conhecer, além disso, cada estação tem uma paisagem diferente.

Confira também o que fazer em Milão em um dia

Se quiser mais dicas como essa, nos siga no Instragram @beradatravel, onde postamos todos os passeios com mais frequência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *